• Paraíba tem roteiro turístico para 30 dias de vivências e experiências •


1429731293338-lucenaO turismo de experiência na Paraíba compreende mais de 150 atividades criativas com foco na produção associada ao turismo, na economia criativa e na economia da experiência.

Os resultados alcançados com o turismo de experiência em 14 municípios paraibanos é fruto da consultoria ACG, contratada pelo Sebrae. A consultoria foi o melhor caminho para a construção do capital social, de um ambiente de confiança, união e integração entre os empreendedores, das diversas regiões paraibanas, com ações colaborativas e inovadoras, valorizando as histórias de empreendedorismo desses atores que transformaram sonhos em oportunidades negócios.

A Paraíba hoje tem um modelo de turismo sustentável, com inclusão social, valorização da cultural local, aumento da competitividade com visão territorial do desenvolvimento, econômico, cultural, social e ambiental.

Movidos pelos seus interesses, empresários e empreendedores das regiões do Litoral, Brejo e Cariri, já dispõem do direcionamento estratégico do turismo, que foi elaborado, respeitando as necessidades do atual perfil do turista, as necessidades da população local, a preservação ambiental e as expectativas de negócios para as empresas.

Com isso se amplia a capacidade de resposta do território turístico Paraíba, na busca de ações inovadoras e criativas, na preservação do patrimônio histórico, cultural e paisagístico das regiões.

Considerando o diferencial turístico da Paraíba, e a diversidade de oferta turística, hoje sugerimos uma opção de roteiro turístico integrador de 30 dias na Paraíba, sem repetir as experiências.

Esse roteiro foi elaborado pela ACG e Sebrae, por isso convidamos você a fazer essa viagem comigo agora, através da leitura desse roteiro e depois se programar para vivenciar essa experiência, com a sua família, seus amigos ou sozinho. Sugerimos escolher uma Agência de Receptivo qualificada e um excelente Guia de Turismo. O roteiro foi coordenado por Regina Medeiros Amorim, mestre em Visão Territorial e Sustentável do Desenvolvimento, pós graduada em Gestão e Marketing do Turismo e gestora de Turismo do Sebrae- Paraíba. Informações: 83. 2108.1256 ou 83. 99981.1486

1º dia – JOÃO PESSOA

Pela manhã, em João Pessoa, vivencie a rota dos ateliês de obras de arte. São pelo menos dez grandes artistas plásticos que abrirão o seu ateliê de artes plásticas e esculturas para receber vocês. Além da história de cada artista, é possível fazer uma oficina de arte, comprar alguma peça do artista e ainda tomar um café com arte em algum desses espaços visitados.

À tarde, sugerimos fazer um passeio pelo Centro Histórico da 3ª cidade mais antiga do Brasil, de preferência bem acompanhado, em um dos carros antigos de época, para conhecer a história, o casario e se encantar com esse inesquecível roteiro.

2º dia – CONDE

Após o café da manhã, comece seu roteiro no litoral sul paraibano, conhecendo uma das maravilhas do Brasil, a famosa praia de Naturismo. Na praia Tambaba mergulhe nas histórias que o destino oferece. Quem sabe você se aventure e vivencie essa experiência. Tambaba conta com um restaurante e uma pousada, uma linda e limpa faixa de areia, com o mar de um lado e uma grande falésia, e a mata nativa do outro lado, onde com muito respeito, famílias adeptas ao naturismo se divertem, e alguns naturistas surfistas aproveitam as ondas. Caminhe sem preconceito. Sinta a natureza com emoção!!

Se não quiser entrar em Tambaba, fique na parte da Praia que não é de Naturismo, aproveite as águas mornas e as lindas piscinas naturais que se formam quando a maré está baixa.

Aproveitou bem, fotografou muito, relaxou, agora deu vontade de almoçar. Pegue a estrada e pare no restaurante Arca do Bilú, um lindo e criativo local, construído em forma de barco, onde você degustará deliciosos pratos à base de peixes e frutos do mar do cardápio. Reserve um tempo e conheça o proprietário, conhecido como Bilú e sua esposa Rosana Diniz, pessoas maravilhosas e simpáticas, que podem contar um pouco da história de Tambaba e do Naturismo. A comida deliciosa, o bom atendimento faz o local muito diferente e agradável, com várias histórias e curiosidades.

3º dia – CONDE

No local você pode agendar uma das caminhadas, com a Rosana Diniz, que passa por diversas trilhas, praias e falésias encantadoras, ou pela Praia de Tambaba, sem precisar tirar a roupa.

Você ainda precisa conhecer Doces Tambaba, no Assentamento Tambaba, um produto de produção associada ao turismo, que preserva a simplicidade e a singularidade do lugar. Foi criada uma graciosa sinalização local, uma pequena lojinha, em uma linda e bem decorada casa de taipa, lembrando as antigas moradias do local. Lá você será bem recebido pelas doceiras Luiza e suas filhas, que fabricam os doces de vários sabores, produzidos com as frutas locais e oferecem a degustação desses deliciosos doces caseiros!!! Com agendamento é possível partilhar de danças culturais com o Grupo Jacoca ou uma Quadrilha Junina Local.

Depois do descanso em uma das pousadas de Costa de Conde, saia para jantar em um dos restaurantes locais, cada um com seu conceito diferenciado. Sugerimos como uma excelente opção os restaurantes Tulipas, Matsuri, Zekas, Carpe Diem, O Púkaro e a Passarela do Caranguejo. São várias opções e você simplesmente irá adorar.

4º dia – CONDE

Inicie o seu dia, vivenciando uma experiência única, na Aldeia Macuxi. Vá preparado para se divertir na natureza, ao lado de uma família incrivelmente comprometida com a cultura indígena. Aproveite e experimente um banho de lama, o passeio de caiaque, escute uma música no local, com voz e violão do Julíndio, que mistura a emoção de vivenciar a natureza, a criatividade e muita aventura…

Como sugestão indicamos um passeio de buggy com os melhores profissionais da Cooperbuggy, pelas praias e mirantes da Costa de Conde. Não esqueça de levar a máquina fotográfica ou o celular, para registrar esses momentos, pois você verá cada paisagem incrível, de tirar o fôlego.

Para o almoço, aproveite e escolha uma das opções dos Quiosques existente no Centro de Atendimento ao Turista na Praia de Coqueirinho. São nove Quiosques, uma praça de alimentação de frente para o mar, com um Cardápio variado. Cada um tem uma especialidade, o difícil vai ser escolher…

Depois do almoço relaxe, aproveite o mar e a linda paisagem em seguida, vá apreciar a zona rural do Conde, e conheça o Memorial do Quilombo Ipiranga, uma casa típica do antigo Quilombo, decorada com os antigos utensílios deste povo.

Para encerrar o seu dia visite a Árvore dos Doces da Nice, um Sítio com uma variedade de plantações de frutas, hortaliças, legumes e raízes, onde se produz doces artesanais, cocadas deliciosas … Se agendar pode comer por lá mesmo uma galinha de capoeira com uma cervejinha bem gelada!!

5º dia – PITIMBU

Após o café da manhã, sugerimos conhecer o município de Pitimbu, também no litoral sul. Começando pela Praia Bela, hospede-se na Pousada Aconchego. Agende um delicioso almoço na Pousada e solicite o kit aconchego para praia, que inclui o guarda sol, cadeiras de praia, isopor com bebidas. Se preferir, na Praia Bela existem diversos quiosques que atendem na praia. Aproveite e caminhe, divirta-se fazendo um passeio de caiaque.

Depois do almoço, e para encerrar este dia, você pode agendar na Pousada Aconchego oficinas de artesanato de conchas do mar com uma das Marisqueiras de Acaú ou uma oficina de Arte em Escama com a Lia Caju.

6º dia – PITIMBU

Para começar o 6º dia, agende com Rogério a Caminhada até o Rio Abiaí, conhecendo falésias coloridas e a história do local e ser encantar com uma vista maravilhosa, tendo um professor como condutor. Agende a caminhada com possibilidade de lanche durante uma das paradas.

Você também pode agendar uma pesca artesanal em frente ao quiosque do pescador José Lontra, a melhor experiência de pesca artesanal. E enquanto a rede está no mar é possível degustar caldinhos de peixe e de camarão nesse local bastante frequentado pela comunidade.

Você também pode agendar com Rogério uma apresentação do grupo “Aruenda da Saudade” à beira mar, grupo cultural tradicional, precursor do Maracatu, com mais de 200 anos em Pitimbu e até hoje encanta com a sua dança e a oficina de tambores.

Na parte da tarde, para relaxar, visite a loja de artesanato que fica localizada na Praça Central ao lado da Igreja e veja as belas peças feitas com a fibra do coqueiro que se transformam em animais, flores, vasos e outras peças.

Para encerrar este dia, agende uma oficina de mosaico, na casa de Marilu, de frente para praia, com os pés na areia e um lindo visual, um suco gostoso, fazendo a sua peça e levando de lembrança do local.

Veja se o dia coincide com a Quinzena Cultural de Pitimbu, um evento que acontece todo segundo sábado de cada mês e reúne toda a cultura do lugar, como apresentação cultural, o artesanato de fibra do coqueiro, artesanato de conchas e de mariscos.

7º dia – AREIA

Após tomar seu café da manhã na Pousada Aconchego é hora de fazer as malas pegar a estrada com destino a Areia, cidade do Brejo Paraibano, distante aproximadamente 140 km.

Ao chegar em Areia, escolha um dos hotéis indicados no Catálogo elaborado pelo SEBRAE. Todos os hotéis sugeridos faz parte do conceito da produção associada ao turismo, economia criativa e economia da experiência.

Após o check in, caminhe pelo centro histórico da cidade, em companhia da Guia de Turismo Gabi Neta. Aproveite para vislumbrar o casario maravilhoso, visite os Museus, o Ateliê Meninas de Areia e o Teatro Minerva – 1º teatro particular da Paraíba e ainda muito bem preservado.

Para almoçar, escolha um dos restaurantes sugeridos pela Guia de Turismo. Em seguida, agende uma aula de dança folclórica, com o Grupo Moenda, aprenda os passos e termine esse dia na Confraria da Cachaça, um local agradável, onde você encontra uma grande variedade de cachaças produzidas na Região. Neste local também é o escritório criativo do Receptivo Rotta Turismo, onde você pode agendar uma trilha em um 4×4 conhecendo o que Areia e a Região tem de melhor.

8º dia – AREIA

Com aquele café da manhã maravilhoso que todos os hotéis de Areia oferecem, coloque boné, filtro solar e um calçado confortável, siga para o Engenho da Cachaça Triunfo. Prepare-se para ouvir e se emocionar com uma linda história de amor e da cachaça contatada pela Maria Júlia, a dona do dono do Engenho Triunfo, como assim ela gosta de ser conhecida.

O Engenho é belo, a história é linda, a loja de cachaças e artesanato é encantadora, então, aproveite a degustação oferecida no Engenho. Além de comprar uma das melhores cachaças produzidas na Paraíba, em garrafas diferenciadas e criativas, você conhece todo o processo da fabricação da cachaça, degusta o sorvete com cachaça Triunfo que é exclusivo e imperdível.

No mesmo roteiro você conhecerá a Casa do Doce de Esther. O local é lindo e criativo. São mais de 73 tipos de doces, para você provar, saborear e levar de presente para todos os amigos.

Para almoçar, retorne ao Centro da Cidade e conheça o Restaurante o Barretão, que além de servir uma deliciosa refeição, você pode, sob agendamento, curtir um bom forró pé de serra ou uma oficina de fabricação de cachaça com o mestre e professor Carlos Barreto, na Bodega do Barreto, dentro do restaurante.

Faça você mesmo, embale a peça com autógrafo na garrafa, pois ninguém irá acreditar que foi feita por você …

Para terminar o dia, visite o Centro de Artesanato, localizado em frente da Praça Central, e em seguida agende uma oficina de Pintura em Tecido na Pousada Aconchegar`t, saboreando uma deliciosa sopa caseira, ao som de voz e violão da proprietária Lêda Maria.

9º dia – AREIA

Após o café da manhã no hotel, coloque filtro solar, repelente e calçado confortável, para vivenciar uma caminhada, acompanhado de condutores locais, na Mata do Pau Ferro, área de preservação ambiental.

Após a caminhada participe da atividade criativa, Piquenique na Mata, ouvindo as histórias de Luciana Balbino, líder comunitária de Chã de Jardim e ouça voz a violão de Rejane Ribeiro, também da comunidade.

Com Luciana você ampliará seus conhecimentos sobre associativismo, gestão compartilhada e empreendedorismo. Um caso de sucesso de turismo de experiência, um exemplo de boas práticas do Turismo Rural no Brasil.

Depois da caminhada, almoce no Restaurante Vó Maria, que fica no mesmo local e se delicie com a comida tipicamente paraibana – comida da casa de Vó, como diz Luciana, em um restaurante rural da maior qualidade.

Depois do almoço, visite o Engenho Bujarí, um Engenho secular, um dos únicos que ainda produz a legítima rapadura. No local você vai vivenciar a produção artesanal da rapadura, saborear e levar a deliciosa rapadura aerada e conhecer a coleção de xícaras que foi da mãe do atual proprietário, o agrônomo Leonardo Jardelino.

Ao final do dia, agende seu jantar no Restaurante Azul Histórico do Hotel Triunfo, onde pode participar de uma oficina de artesanato com a artesã Suely Maia ou curtir um MPB com artista local.

Fonte: http://www.paraibatotal.com.br/noticias/2016/02/11/66880-paraiba-tem-roteiro-turistico-para-30-dias-de-vivencias-e-xxperiencias



© 2015. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Ponto R Comunicação.